Pensar Piauí

VÍDEO: Deputado veste-se de mulher para celebrar o Dia das Mães

Pastor Isidório (Avante-BA) dança em festa na fundação da qual é dirigente

Foto: Montagem Pensar PiauíO deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA)
O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA)

Por Ricardo Noblat e Vinícius Nunes, colunistas no Metrópoles

O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) trajou um vestido e usou seios falsos para comemorar o Dia das Mães, no último domingo (12/05), em Candeias, na região metropolitana de Salvador, na Bahia. No vídeo que viralizou nas redes sociais, ele encarna um personagem que se chama de “Mamãe”.

Usa um vestido de renda branco, com detalhes em dourado, um lenço no cabelo, também dourado, e uma bolsa de estampa de onça. O vídeo foi gravado no Espaço Recreativo de Amparo às Mulheres Dona Lindalva. Lindalva é a ex-mulher do pastor. O salão faz parte do complexo da Fundação Doutor Jesus, da qual o deputado Pastor Sargento é dirigente e oferece tratamento para dependentes químicos há 30 anos. Ao final do vídeo, Isidório aparece rodeado de outros celebrantes falando em um megafone. O deputado diz: “Filhos de nascente, desçam para ver mamãe. Vamos!”. Todos gritam em coro “Nossa mamãe chegou! Nossa mamãe chegou!”. Houve distribuição de presentes para as mães, além de comes e bebes.

Quem é Isidório

Manoel Isidório de Santana Junior, 61 anos, é pastor na Igreja Assembleia de Deus, que reúne 367 mil congregações e cerca de 57 milhões de integrantes em 190 países. Apoiador de Jair Bolsonaro (PL), ficou conhecido por chamar o então presidente de “doido” em 2019, dizendo ser conhecido como “doido” na Bahia: “E só um doido para conversar com outro doido”, disse. Na época, a gestão Bolsonaro havia apresentado legislação que flexibilizava o controle de armas no país.

Foi o deputado federal mais votado da Bahia em 2018, com 323 mil votos, e acredita que a pregação da bíblia é suficiente para “curar” homossexuais e dependentes químicos. É autor de um Projeto de Lei que cria o Dia do Hétero e que repousa em uma gaveta da Câmara. Em 2022, perdeu cerca de 246 mil apoiadores, sendo reeleito com apenas 77 mil votos.

Em setembro do ano passado, durante sessão da Comissão de Família da Câmara, disse que “homem tem binga e mulher tem cocota”. No mesmo discurso, chamou a deputada Erika Hilton (PSol-SP) de “meu amigo”. A deputada processou o deputado por conta da fala.

Isidório não tem nenhuma falta na Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família, da qual é titular, e nem faltas em plenário. Tem 26 propostas legislativas de sua autoria e relata, atualmente, três:

Institui a Politica Nacional de Prevenção e Combate à Esporotricose;

Dispõe sobre a Política Nacional de Recuperação de Dependentes de Substâncias Químicos no Sistema Prisional, e;

Regulamenta o período específico para o acolhimento institucional.

Fez nove discursos em plenário em 2024. Em 8 de maio último, apresentou o projeto de lei 1.699, que prevê a proibição de encenações de sexo em eventos públicos, em resposta ao show de Madonna, em 4 de maio. Segundo a justificativa do projeto, o texto visa proibir cenas de “sexo oral, sexo anal, masturbação ou qualquer outro ato libidinoso em quaisquer espaços públicos ou acessíveis ao público, com a presença ou não de crianças e adolescentes, sejam estes espaços físicos ou ambientes virtuais de acesso público”. Disse que o show teve “todo o tipo de cachorrada”.

Durante 2023, teve R$ 32 milhões em emendas parlamentares pagas, sendo que R$ 16 milhões delas vieram do Fundo Nacional da Saúde e foram gastas com serviços de apoio hospitalar do Estado da Bahia. Deste dinheiro, R$ 5 milhões foram para a prefeitura de Candeias, onde fica a sua fundação. A cidade tem 72 mil habitantes.

Neste ano, o valor reservado para o Pastor é de R$ 18,9 milhões, tudo também do Ministério da Saúde. O montante ainda não foi pago.Veja outros momentos icônicos do Deputado.

Veja outros momentos icônicos do Deputado

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS