Pensar Piauí

Delegado agride mulher em discussão de trânsito no Ceará; veja vídeo

Governador repudiou os fatos ocorridos e determinou apuração rigorosa

Foto: Montagem pensarpiauiAgressão
Agressão

 

DiáriodoNordeste - O delegado das cidades de Aurora e Barro, localizadas no Cariri, agrediu uma mulher, após acidente de trânsito. O caso ocorreu no início da manhã deste sábado (11), no Centro de Aurora. A ocorrência segue em andamento na Delegacia Regional de Brejo Santo e até o momento não se tem informações se ele será autuado.

O governador do Estado, Elmano de Freitas, anunciou o afastamento imediato de Paulo Hernesto Pereira Tavares das funções de servidor público pela Polícia Civil.

"Repugnantes e inaceitáveis as imagens que circulam, neste sábado, de agressão cometida pelo delegado de Aurora contra uma mulher, após acidente de trânsito. Determinei o afastamento imediato dele das funções e submeti o caso à Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD). Um processo disciplinar, inclusive, já foi aberto pelo órgão. O Governo do Estado do Ceará não admite esse tipo de comportamento, principalmente por parte de um agente de segurança, que tem por dever zelar pela segurança da nossa população"

Briga na rua

Conforme relatos, o delegado de Polícia Civil saia dos festejos alusivos aos 140 anos de emancipação política de Aurora quando teria se envolvido em um acidente na caminhonete em que trafegava e uma motocicleta.

O carro foi parar em cima da calçada de uma casa, quase atropelando um grupo de pessoas. A motocicleta estaria sendo conduzida por um adolescente.

A Polícia Militar da cidade recebeu chamados relatando o acidente e a confusão na rua por volta das 5h. Imagens de celular gravadas no local, mostram que quando a guarnição já atendia a ocorrência, uma mulher chega próximo ao delegado, fala algo e leva um tapa do lado do rosto.

Os policiais seguram o delegado e afastam a vítima. Outras pessoas se mostram indignadas com o comportamento do servidor da Polícia Civil. No vídeo, o delegado se mostra alterado, proferindo xingamentos, como "vagabunda".  

Segundo informação da Polícia Militar, Tavares teria se negado a fazer o teste do bafômetro e teria alegado que não era ele quem dirigia a caminhonete no momento do acidente.

O caso já foi relatado ao Comando Geral da PM, a Delegacia Geral da Polícia Civil e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS).

Em nota, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) informa que repudia veementemente os fatos ocorridos, na manhã deste sábado (11), em Aurora - Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. O delegado-geral da PC-CE, Márcio Gutierrez, já determinou apuração rigorosa do caso  pela Assessoria de Apuração de Transgressões Disciplinares da Polícia Civil.

"Os fatos ocorridos não condizem com as diretrizes da instituição. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) também determinou imediata instauração de procedimento disciplinar para devida apuração, que está em trâmite. No momento, o procedimento segue em andamento na Delegacia Municipal de Brejo Santo". 

A reportagem tentou contato também com a Delegacia Regional de Brejo Santo e com o delegado Tavares, envolvido na ocorrência. Ele chegou a atender a ligação e afirmou que mandaria uma nota por escrito a respeito do caso. O material não foi enviado até o fechamento da reportagem. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS