A Alma Viva jamais passaria no Jornal Nacional

O pensarpiaui recebeu sérias denúncias de como a empresa vem agindo nestes tempos de pandemia

Foto: G1Solidariedade empresarial
Solidariedade empresarial

Nestes tempos de pandemia o Jornal Nacional da Globo resolveu abrir um espaço para mostrar a "solidariedade das empresas". Na verdade, depois de um início de cobertura jornalistica em que era obrigado mostrar a força que o Estado tinha frente a pandemia e, como estava evidente que só o Estado poderia enfrentá-la, o jornal global abriu este espaço para o "bom mercado" mostrar sua face. 

Há uma empresa no Piauí que jamais poderia ser pauta nesta parte do Jornal Nacional. Trata-se da Alma Viva - empresa de telemarketing instalada em Teresina. Ela emprega cerca de 1000 trabalhadores e a forma como os trata é desumana, segundo o audio que o internauta poderá ouvir a seguir.

O pensarpiaui recebeu o audiio de um de seus internautas que a direção do site sabe quem é. Este internauta, por razões óbvias, não quis identificar quem era o autor do audio e o pensarpiaui, por precaução, fez uma pequena distorção na originalidade sonora. Ouça a denúncia: 



O pensarpiaui reserva aqui espaço para que a empresa Alma Viva conteste a denúncia. Basta manter contato.