1º debate: Rafael destaca propostas para o governo do Piauí

O debate desta terça-feira (16) foi realizado pela TV Cidade Verde

Foto: Eduardo Amorim/Lupa1Rafael Fonteles no debate da TV Cidade Verde
Rafael Fonteles no debate da TV Cidade Verde

No primeiro debate entre os candidatos ao Governo do Piauí, realizado pela TV Cidade Verde, nesta terça-feira (16), o candidato do PT, Rafael Fonteles, destacou os principais pontos do seu plano de governo nas áreas da saúde, segurança, educação e geração de emprego e renda. 

No primeiro bloco, no qual os candidatos fizeram perguntas, mediante sorteio, sobre tema definido também por sorteio, Rafael citou as propostas na área da saúde. “Precisamos avançar na saúde, pincipalmente na diminuição das filas de cirurgias, na ampliação de consultas especializadas e no tratamentos de alta e média complexidade. Nosso programa prioriza a descentralização da saúde, que já começa a acontecer em várias cidades, a exemplo de Floriano, Picos e Parnaíba”, pontuou. 

O petista disse que pretende ir além para levar para mais perto do cidadão as consultas e exames. “O investimento em telemedicina para compatibilizar o orçamento com essa necessidade também será um grande avanço que iremos proporcionar aos piauienses para que possam ter atendimento próximo de casa, sem filas e com resolutividade”, acrescentou Rafael. 

No segundo bloco, no qual candidato perguntou a candidato sobre tema livre, Rafael foi questionado sobre as propostas na área da segurança. “Temos um problema nacional que envolve a guerra de facções que, infelizmente, chegou ao Piauí e aumentou os índices de criminalidade e a sensação de insegurança. Colocamos propostas concretas e dentro do orçamento público para combater as ações desses e outros criminosos e devolver a paz aos piauienses”, disse. "Essa questão da segurança é uma prioridade do nosso governo".

Rafael destacou cinco pontos do seu projeto para a segurança, que tem como foco a atuação na repressão e também na prevenção. “Colocaremos 4 mil novos policiais e investiremos fortemente em tecnologia, prezando pela valorização do profissional de segurança. Investir também em muitas oportunidades para a juventude em educação, cultura, qualificação profissional e esportes. Investir na polícia comunitária, em tecnologia e equipamentos novos para fortalecer as forças de segurança e em centros de promoção da paz. Vamos atuar na repressão e prevenção”, afirmou. 

O candidato do PT também respondeu sobre propostas para a educação, quando citou como foco a ampliação de escolas de tempo integral e de matrículas na educação profissional e técnica. “O Piauí já é o primeiro lugar em percentual de alunos da rede estadual que fazem cursos técnicos e queremos duplicar essas matrículas para aproximar o mundo da educação ao mundo do trabalho, aumentando as oportunidades de trabalho para a juventude do nosso estado, além de continuar apoiando os municípios, principalmente com o Programa de Alfabetização na Idade Certa”, explicou Rafael.  

Ao questionar Silvio Mendes sobre propostas para a geração de emprego e renda, Rafael disse em réplica que pretende colocar o Piauí em primeiro lugar no ranking. “Temos o menor índice de desemprego em linha com a média nacional, somos o maior crescimento econômico do Nordeste e a terceira posição do país, perdendo apenas para o Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Claro que queremos avançar mais, queremos ser o estado com menor desemprego e maior crescimento econômico do Brasil. Sabemos os caminhos, temos propostas concretas e faremos isso a partir, por exemplo, de apoios ao pequeno empreendedor, ao agricultor familiar e atração de grandes empresas. Todos eles irão gerar mais empregos e renda no nosso estado”, disse.

Foto: Eduardo Amorim/Lupa1Rafael e Silvio Mendes
Rafael e Silvio Mendes

Ao final do debate, quando cada candidato teve um minuto para as considerações finais, o candidato do PT deu destaque à principal missão do seu time. “Quero pedir o voto de confiança para governar o Piauí, estamos preparados e entusiasmados com essa missão. Nossa missão é cuidar de gente, garantir comida na mesa, moradia digna, água, energia, internet e oportunidades de estudo e trabalho. Garantir um governo moderno que facilite a vida do cidadão. Vamos juntos com fé, amor e esperança construir um futuro melhor para todos os piauienses. Vote 13, é Lula presidente e Rafael governador”, concluiu Rafael Fonteles.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS