Professor do IFPI

Daniel Ribeiro

Professor do IFPI

A hora da verdade

Foto: DivulgaçãoBolsonaro
Bolsonaro

 

Depois de tantas fake news, de tantas mentiras narradas pelo atual presidente pra manchar a história de Lula, finalmente chegamos na hora da verdade. 

O Brasil não suporta mais conviver com essa claque bolsonarista que emergiu após a eleição de 2018. Corrupção tampada com trocas recorrentes de agentes públicos de investigação por parceiros e amigos, seja na PF, seja na CGU. Lógico que "não existe" corrupção se quem deveria investigar é substituído por um amigo do presidente. Ou então, o ato em si é colocado sob sigilo de 100 anos. 

O Brasil perdeu o eixo de desenvolvimento sustentável. Nossa Amazônia, pulmão do mundo, foi queimada e desmatada durante os 4 anos desse governo, sem nenhuma fiscalização e sem combate efetivo. Ainda por cima, órgãos de controle como Ibama e Funai foram sucateados e perderam força. 

A economia cresce abaixo da média mundial, mas é pintada como austera tão somente porque esconde dados e maquia a realidade. Inflação atingindo dois dígitos, mas dita controlada apenas no período eleitoral. Um vendedor de espetinho, sem nenhum direito trabalhista, não entra na contagem de desempregado, pois o critério foi alterado pra tentar mostrar uma queda inexistente no índice de desemprego, mas apenas sabe na pele a dificuldade de sustentar a família quem vivencia. Gás batendo 130 reais, carne batendo 40. E Guedes prometendo cortar salários e reduzir aposentadoria. 

E a educação também sofre (e muito) com o atual governo. Cortes que impossibilitam o adequado funcionamento de institutos e universidades. Pesquisas, programas estudantis e projetos institucionais são cada dia menos, frente ao corte recorrente de recursos das instituições, impossibilitando inclusive oferecer refeição aos alunos, que muitas vezes tem naquele prato de comida seu único alimento do dia. Isso sem falar em 30 milhões de pessoas que foram jogadas abaixo da linha da pobreza, que precisam recolher sobra de ossos pra sobreviver. 

Mas pra esconder toda essa balbúrdia e maldade, o governo se dedica a criar fake news. Diz na ONU que está tudo as mil maravilhas, mas ninguém acredita. Declara que a economia está retornando em V, quando cresceremos pífio 1%. Corta verba básicas da saúde, inclusive da farmácia popular, que tenta atender com remédios gratuitos a parte da população que não tem condições de comprar.

Mas nesse domingo podemos dar um fim nisso tudo. Basta lembrar do quanto era diferente o governo do presidente Lula. Inflação controlado, salário mínimo com ganho real, emprego e concursos públicos, programas de acesso a imóveis e veículos, meio ambiente protegido e vinculado a um agro forte e sustentável. O Brasil sendo um país respeitado por todos os líderes mundiais. 

Nesse segundo turno o Brasil que queremos, o país que sonhamos é possível. Vamos tirar nossa nação das garras do fascismo e vamos devolver felicidade ao povo brasileiro. Vamos resgatar nosso sonho de um país melhor pra todos. Dia 30 é hora de apertar 13 e confirmar. Lula presidente. Sem medo de ser feliz. O Brasil da esperança.

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS