Religião

Vídeo: Pastor chama Nossa Senhora Aparecida de “Satanás fantasiado de azul”

O incidente de intolerância religiosa ocorreu no último domingo (1)


Foto: Reprodução/dcmPastor Sérgio Fernandes durante um culto transmitido ao vivo pela Igreja Vida Nova
Pastor Sérgio Fernandes durante um culto transmitido ao vivo pela Igreja Vida Nova

 

No município de Bastos, interior de São Paulo, o pastor Sérgio Fernandes, durante um culto transmitido ao vivo pela Igreja Vida Nova, causou polêmica ao atacar uma escultura de Nossa Senhora Aparecida, localizada na entrada da cidade. O incidente de intolerância religiosa ocorreu no último domingo (1), quando o religioso chamou a imagem religiosa de “Satanás fantasiado de azul”.

Durante suas declarações, Fernandes também atacou a prefeitura local por, segundo ele, utilizar “dinheiro público para fazer o que fizeram”. O religioso também destacou que a presença de Nossa Senhora Aparecida “só traz maldição para a cidade” e sugeriu possíveis ligações com a idolatria.

“Podem colocar ovos, galinhas, o que quiserem, mas não coloquem Satanás fantasiado de azul na entrada da cidade”, disse o pastor.

A prefeitura de Bastos emitiu uma nota oficial em resposta ao ato de intolerância, enfatizando que “entende que todas as religiões devem ser respeitadas”, e explicou que, visando criar um ambiente harmonioso entre evangélicos e católicos, instalou uma estátua em homenagem a Nossa Senhora Aparecida e outra à Bíblia, simbolizando a comunidade evangélica, na entrada da cidade.

Veja o vídeo:


 

Com informações do DCM

Deixe sua opinião: