Vídeo: Deputada detona Bolsonaro durante entrega de medalha na Câmara

Marília Arraes criticou o presidente durante discurso

Foto: ReproduçãoDeputada Marília Arraes (PT)
Deputada Marília Arraes (PT)

 

Nesta quarta (24), Jair Bolsonaro foi detonado enquanto recebia medalha na Câmara dos Deputados. 2ª Secretária da Mesa Diretora da Câmara, Marília Arraes criticou o presidente durante discurso.

“O Poder Executivo, eleito de maneira majoritária, também deveria se comportar como representante do povo. Mas, muitas vezes, este pretenso povo age antidemocraticamente, quando animado por espírito sectário, taxando como inimigos e excluindo os divergentes da entidade unitária e mítica da qual julgam fazer parte aqueles que não se encontram dentro de seu cercadinho mental”, afirmou.

A deputada lembrou que o presidente foi citado pelo relatório “The Global State Of Democracy 2021” e afirma:

“O documento cita nominalmente o Presidente da República, apontando sua ameaça de descumprir decisões do STF, tentativas de apagamento de vozes críticas, divulgação de fake news, má gestão da pandemia, entre outros, de maneira que testou explicitamente as instituições democráticas brasileiras”.

Veja o discurso:

A Medalha Mérito Legislativo é destinada a pessoas e entidades que prestaram serviços relevantes ao Legislativo ou ao Brasil. Além do presidente, foram homenageados Papa Francisco; o ministro de Relações Exteriores, Carlos França, e o fotógrafo Sebastião Salgado.

A medalha foi criada em 1983 e é conferida pela Mesa Diretora da casa.

Bolsonaro foi vaiado enquanto recebia a medalha

Marília Arraes não foi a única crítica ao recebimento da honraria do presidente. Enquanto o presidente era condecorado, ele foi chamado de “genocida”. Os bolsonaristas da casa o aplaudiram, enquanto gritavam “mito”.

Veja o vídeo: