“Vacina contra o coronavírus não será obrigatória e ponto final”, diz Bolsonaro

Apesar da decisão, Jair Bolsonaro disse que imunização será distribuída gratuitamente pelo SUS

Foto: Isac Nóbrega/ PRJair Bolsonaro
Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar, nesta segunda-feira (19), que a vacina contra a Covid-19 não será obrigatória. O presidente ainda fez críticas a governadores que querem a obrigatoriedade da vacinação.

Durante uma conversa com seus apoiadores, o presidente também disse que vem conversando com o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre a vacina.

“Meu ministro já disse claramente que não será obrigatória essa vacina e ponto final. Tem um governador aí que está se intitulando o médico do Brasil, dizendo que ela será obrigatória. Repito que não será”, disse Bolsonaro, em referência ao governador de São Paulo, João Dória.

O presidente afirmou ainda que a vacina, depois de aprovada pelos órgãos competentes, será oferecida aos brasileiros de forma gratuita pelo SUS.