Unidades Básicas de Saúde de Oeiras fecham as portas durante o recesso e população fica sem atendimento

A denúncia foi feita por vereadores do PT e MDB

 

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada

Com informações do Portal Integração

Os vereadores Beron (MDB), Gilmar Fontes (PT) e Hélio Adão (PT) realizaram vistoria nas Ubidades Básicas de Saúde da zona urbana de Oeiras nesta segunda-feira,30, e constataram que todas estão fechadas e sem prestar atendimento à população durante o período de recesso da prefeitura municipal. 

Conforme o Decreto Municipal n° 75, de 10 de dezembro de 2019, fica instituído recesso dos órgãos da prefeitura municipal durante o período de 23 de dezembro de 2019 a 03 de janeiro de 2020, entretanto, de acordo com o parágrafo primeiro deste documento esse recesso não se aplica a repartições de serviços essenciais e indispensáveis, tais como, limpeza pública, postos de saúde, programas sociais e secretaria municipal de finanças que deverão funcionar em regime de plantão conforme escala determinada pelos respectivos secretários (as). 

Das oito UBS da zona urbana visitadas pelos vereadores na manhã desta segunda-feira, em não nenhuma foi encontrado  funcionário de plantão e nem aviso de escala de funcionamento, algumas possuíam apenas o aviso informando sobre o recesso.

A Unidade Básica de Saúde (UBS) funciona como porta de entrada ao Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desses postos é atender até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para outros serviços, como emergências e hospitais.

O principal questionamento dos parlamentares é que o próprio decreto da prefeitura estabelecia o funcionamento destas unidades, então, o que justifica seu fechamento?

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada

 

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada

 

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada

 

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada

 

Foto: Google ImagensUBS fechada
UBS fechada