Nuvem de gafanhotos muda de rota e se aproxima do Brasil

Ela está distante do Brasil cerca de 122 quilômetros e se desloca em direção ao país.

Foto: Diário do AçoNuvem de gafanhotos
Nuvem de gafanhotos

A nuvem de gafanhotos que assola plantações argentinas está distante do Brasil por cerca de 122 quilômetros e se desloca em direção ao país. Um relatório do governo argentino informou que a infestação de insetos se deslocou 33 quilômetros nos últimos dois dias devido ao calor excessivo.

Segundo reportagem publicada no portal O Tempo, a expectativa é que a nuvem chegue no Brasil até esta quarta-feira (22), conforme declarou o chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr, Ricardo Felicetti. Embora não representem um risco direto para seres humanos, os gafanhotos podem causar grandes prejuízos econômicos, devorando plantações em questões de horas.

“Estamos preparados para o caso de uma eventual ocorrência da praga em território gaúcho. Temos um plano operacional de emergência”, disse Felicetti.