Mais de 83 mil vão fazer prova do Enem no domingo no Piauí; veja orientações

Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h. A aplicação começará às 13h30

Foto: VejaENEM
ENEM

Acontece neste domingo (13) o primeiro dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 – versões impressa e digital. Os inscritos responderão as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, além de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

No Piauí, estão aptas para fazer o Enem 83 mil 308 pessoas, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os portões de acesso aos locais de prova, que são 405 em todo o estado, serão abertos às 12h e fechados às 13h. A aplicação começará às 13h30 (horário de Brasília). Além da modalidade impressa, a prova digital do exame também será aplicada neste domingo.

Os inscritos terão cinco horas e 30 minutos para realizarem as provas e a redação. A aplicação encerrará às 19h. Os participantes que solicitaram atendimento especializado e tiveram o pedido de tempo adicional terão uma hora a mais.

Passe livre 

O Governo do Piauí vai liberar passe livre para 9,5 mil estudantes inscritos no exame. Em Teresina, 2.200 estudantes serão beneficiados com o cartão Passe Livre. No interior, a Seduc realiza a logística de transporte para garantir o traslado dos estudantes em 192 municípios até os 33 municípios polo de aplicação, garantindo gratuidade de acesso aos locais de prova para 7.300 alunos da rede estadual. 

Orientações

Documentação:

Os participantes podem apresentar cédulas de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, polícias Militar e Federal ou pelas Forças Armadas. Também será aceita a identidade expedida pelo Ministério da Justiça, para estrangeiros, inclusive no caso de refugiados, dentro do previsto pela Lei n.º 9.474/1997. A Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista na Lei de Migração (n.º 13.445/2017), também está entre a documentação válida, assim com o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, do qual trata o Decreto n.º 9.277/2018.

Como novidade neste ano, documentos digitais (e-Título, CNH digital, RG Digital) poderão ser apresentados nos respectivos aplicativos oficiais, como forma de identificações dos participantes para a realização das provas.

O participante impossibilitado de apresentar a via original do documento de identificação por motivo de extravio, perda, furto ou roubo poderá realizar as provas desde que apresente boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame e submeta-se à identificação especial, com coleta de informações pessoais. O mesmo procedimento é valido para quem apresentar documentação original danificada.

O que pode:

O participante pode levar um frasco de álcool líquido ou em gel, apesar de o produto ser disponibilizado em todas as salas. Também é permitido usar luvas transparentes ou semitransparentes durante a realização das provas. Todos esses equipamentos e itens de higiene próprios serão vistoriados. É recomendado, ainda, que cada participante leve sua própria garrafa de água para consumo.

Não será permitido portar qualquer dispositivo eletrônico, como telefones celulares, smartphones, tablets, máquinas calculadoras, fones de ouvido, entre outros materiais estranhos à realização da prova, previstos no edital do exame. Caso o participante leve algum dos objetos proibidos em edital, esses deverão ser guardados no envelope porta-objetos, que será entregue na porta da sala de prova. Os aparelhos eletrônicos não podem emitir sons e devem permanecer desligados, sob pena de eliminação do inscrito.

Caneta:

 A prova deve ser respondida com caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. Apenas para os estudantes que solicitaram atendimento especializado para transtorno do espectro autista é permitido utilizar caneta fabricada em material transparente com tinta colorida, para uso exclusivo em marcações no Caderno de Questões. O Cartão-Resposta desses estudantes também deve ser preenchido com caneta de tinta preta.

Local de prova:  

Para conferir o horário e o local de aplicação das provas, os participantes precisam acessar o Cartão de Confirmação de Inscrição, disponível na Página do Participante.  O documento também informa se o participante conta com atendimento especializado ou se deve ser tratado pelo nome social. Embora não seja obrigatório, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda levar o cartão no dia da aplicação do exame.

Máscaras:

Separar máscaras para usar durante a aplicação e uma das orientações. O equipamento deve cobrir totalmente o nariz e a boca. Também é recomendado que os participantes tenham máscaras reservas. O uso da máscara é obrigatório desde a entrada até a saída do local de provas, exceto para os participantes com transtorno do espectro autista, deficiência intelectual ou sensorial, conforme previsto na Lei n.º 14.019, de 2 de julho de 2020.

Sintomas Covid-19: 

Em caso de sintomas equivalentes à Covid-19 na semana na anterior ou na véspera da aplicação, a orientação é para que o inscrito não compareça ao local de provas e solicite reaplicação da Página do Participante. No momento da solicitação, é necessário anexar um documento comprobatório da condição. O pedido, então, será analisado pelo Inep.

Com informações do INEP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS