Pensar Piauí

Lula vetará ao menos R$ 5 bi em emendas parlamentares no Orçamento 2024

Equipe econômica de Lula está detalhando vetos à LOA, mas já definiu que cortará emendas de comissão aumentadas pelo Congresso.

Foto: ReproduçãoLuiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem até esta segunda (22/1) para sancionar a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2024, e sua equipe econômica está em um esforço concentrado para definir os vetos ao texto aprovado pelo Congresso. Já ficou definido que ao menos R$ 5 bilhões serão cortados das emendas de comissão, que foram reajustadas pelos parlamentares.

Essas emendas de comissão foram previstas pelo Congresso em cerca de R$ 16 bilhões, mas os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Simone Tebet (Planejamento) e Alexandre Padilha (Relações Instituicionais) já decidiram que vão recomendar a Lula que vete cerca de um terço do valor. A informação foi confirmada por ministros da junta orçamentária.

Ao todo, o Orçamento aprovado pelo Congresso para 2024 prevê o repasse de R$ 53 bilhões em emendas parlamentares de todos os tipos.

Lula deve sancionar a peça às 16h desta segunda.
 

Com informações da coluna de Igor Gadelha 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS