Locutor esportivo Salomão Viegas morre aos 76 anos

O locutor sofreu um infarto na manhã desta quarta (14)

Foto: OitoMeiaSalomão Viegas
Salomão Viegas

Com informações do Cidade Verde  

Faleceu na manhã desta quarta-feira (14), em Teresina, o locutor esportivo Salomão Viegas, integrante por mais de 20 anos da equipe de esportes comandada por Dídimo de Castro e Carlos Said, na Rádio Cidade Verde.

Salomão Viegas tinha 76 anos e passou mal em casa. O locutor sofreu um infarto por volta de 9h30 da manhã. Seu velório está programado para a funerária Santana (avenida Miguel Rosa), e o sepultamento será no cemitério do bairro Buenos Aires, zona Norte da capital, ainda nesta quarta-feira.

Com passagens pelas rádios Clube, Difusora, Poty, Pioneira, e mais recentemente na Rádio Cidade Verde, Salomão Viegas foi apelidado de "Narrador do apanha, apanha". Uma referência ao seu mais famoso bordão, citado logo após os gols: "Apanha, apanha, deixa de conversa. Coloque no centro, o time está com pressa".

No currículo, colecionou viagens para transmissões de jogos nacionais, inclusive de seleção brasileira.

"Estávamos na expectativa de nos reencontrarmos no futebol, ainda que fosse só no ano que vem", disse Dídimo de Castro, em seu comentário na manhã desta quarta, na Rádio Cidade Verde, citando as restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus."Fica o trabalho dele. É um trabalho longo, tem gols de 30 anos narrados por Salomão Viegas. Ele construiu uma história no rádio esportivo do Piauí."

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) determinou que a partida de hoje, entre River e Santos (AP), pela Série D do Campeonato Brasileiro, e outros jogos que acontecerão até o próximo fim de semana, serão precedidos de um minuto de silêncio em homenagem a Salomão Viegas - bem como para as vítimas da Covid-19, como tem ocorrido desde a retomada dos torneios durante a pandemia. 

Salomão Viegas deixa dois filhos - Marcelo e Eduardo.