Hoje, no céu, todo mundo sabe a hora certa: Luís Borges morreu

O jornalista e radialista Luís Borges morreu na manhã desta sexta-feira (29)

Foto: DivulgaçãoLuiz Borges
Luiz Borges

 

O jornalista e radialista Luís Borges morreu na manhã desta sexta-feira (29), aos 73 anos, após complicações de um Acidente Vascular Cerebral. De acordo com informações de familiares, o profissional estava internado há 21 dias no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Com passagens por diversos veículos de comunicação de Teresina, Luís Borges era considerado referência, principalmente na crônica policial. 

Ele era casado e deixa seis filhos. 

O velório do jornalista acontece na residência da irmã dele, localizada no bairro Dirceu, zona Sudeste de Teresina. 

O sepultamento vai acontecer no cemitério do bairro Vermelha, zona Sul da capital. 

O editor do pensarpiauí, jornalista Oscar de Barros, lamentou a morte de Luis Borges e lembrou que trabalhou com ele na Rádio Clube de Teresina: "No final dos anos 80 fixei residencia em Teresina chegando aqui formado em Comunicação Social. Logo arrumei emprego na Rádio Clube de Teresina. Integrei a equipe de esportes da emissora liderada por João Eudes, o Bolinha. Luis Borges, não era da equipe. Tinha um programa policial, mas aqui ou acolá, nos ajudava com seu profissionalismo. O jovem formado nos bancos escolares admirava a desenvoltura daquele radialista do batente. Bom profissional e excelente ser humano. Hoje, lá no céu, todo mundo está sabendo a hora certa"

-  OLHA A HORA NENEM. OLHA A HORA NENEM. SÃO 14 HORAS, 14 HORAS E 10 MINUTOS

Com informações do cidadeverde.com