Governo do Piauí faz entrega de cartões Passe Livre para estudantes da rede estadual

O Passe Livre dá oportunidade aos estudantes se deslocarem do município onde residem até o polo em que os mesmos farão a prova do Enem

Foto: Reprodução/CCOMEntrega do Passe Livre 2022 para estudantes que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Entrega do Passe Livre 2022 para estudantes que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Foi realizada, nesta quarta-feira (09), a solenidade de entrega do Passe Livre 2022 para estudantes que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano. Um total de 9.500 passes serão entregues para os alunos da rede estadual de ensino. A ação integra a frente de inclusão universitária promovida pelo Governo do Estado, por meio pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O Passe Livre dá oportunidade aos estudantes se deslocarem do município onde residem até o polo em que os mesmos farão a prova nos dois dias de aplicação do Enem. As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão realizadas nos dias 13 e 20 de novembro de 2022. Nesse ano, o Piauí tem cerca de 83 mil candidatos inscritos para as provas.

“É uma promoção de igualdade, mesmo dentro da escola pública tem uma certa desigualdade porque existem alunos que conseguem pagar suas passagens e outros não. Então, essa iniciativa é para que o estudante não perca os dias de suas provas”, disse a governadora Regina Sousa durante a solenidade que foi realizada no Palácio de Karnak.

Foto: Reprodução/CCOMGovernadora Regina Sousa
Governadora Regina Sousa

 

Em Teresina, 2.200 estudantes serão beneficiados com o cartão Passe Livre e, no interior, a Seduc realiza a logística de transporte para garantir o traslado dos estudantes em 192 municípios até os 32 municípios polo de aplicação, garantindo gratuidade de acesso aos locais de prova para 7.300 alunos da rede estadual, abrangendo ensino Médio Regular, ensino Médio de Tempo Integral, Educação de Jovens e Adultos e ensino profissionalizante.

Segundo o secretário de Educação, Ellen Gera, as duas frentes de apoio ao estudante, tanto em Teresina quanto no interior, vão garantir a presença nas avaliações. “O Piauí é um apaixonado pelo Enem, e isso se confirma ano após ano. Somos o Estado com a maior taxa de presença nas provas e este ano vamos seguir com nossas ações para que nossos estudantes possam continuar comparecendo ao exame que é tão importante para suas vidas”, afirmou.

A ação acontece desde 2016 devido à necessidade de atender estudantes que deixavam de comparecer ao exame por não terem recursos para o deslocamento até os locais de prova, o que levou o Piauí a índices altos de abstenção. Com isso, o Governo do Estado, por meio da Seduc, implementou a estratégia que possibilitou que o Piauí fosse o estado com a maior taxa de presença no certame por três anos consecutivos e ainda se mantenha como destaque entre os estados com a menor taxa de abstenção do exame, mesmo em meio à pandemia de Covid-19 em 2020.

Para a a aluna do CETI José Pereira da Silva, Isadora da Silva Lima, é uma ação que vai facilitar muito a vida de muitos estudantes, principalmente daqueles que foram colocados para fazer o exame mais distantes de suas casas.


Com informações da CCOM 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS