Campeão mundial de jiu-jitsu toma tiro na cabeça em show em SP

Leandro Pereira do Nascimento Lo, de 32 anos, não resistiu e morreu

Foto: DivulgaçãoLeandro Lo
Leandro Lo

O mundo do jiu-jítsu acordou nesta manhã com uma notícia trágica. Leandro Lo, multicampeão mundial na arte suave e um dos maiores nomes da modalidade, foi assassinado com um tiro na cabeça durante uma festa no Clube Sírio, em São Paulo, na madrugada deste sábado para domingo. O lutador chegou a ser levado ao Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya, mas não resistiu.

O boletim de ocorrência, identifica como autor do disparo o policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo e foi registrado como tentativa de homicídio. Confira a descrição do ocorrido feita pela Polícia Militar de São Paulo, ainda antes da confirmação da morte cerebral do atleta.

"Preliminarmente, trata-se de ocorrência envolvendo o multicampeão mundial de jiu-jítsu Leandro Ló Pereira do Nascimento e o policial Militar Henrique Otávio Oliveira Velozo. Conforme relatam as testemunhas, o policial Henrique, após breve discussão, se dirigiu à mesa da vítima Leandro, pegando uma garrafa da mesa, em ato contínuo a vítima se levantou, tirou a garrafa da mão do autor e, em golpe de luta, o derrubou e imobilizou. Neste momento, colegas da vítima separaram ambos e pediram "para deixar isso quieto". O autor, após se levantar, deu a volta na mesa e, de fronte a vítima, sacou sua arma e desferiu disparo, o qual atingiu a região frontal da cabeça da vítima (testa, lado esquerdo). Vítima encontra-se em estado gravíssimo no Hospital Municial Dr. Arthur Ribeiro de Saboya."

Leandro Lo foi campeão mundial de jiu-jítsu por oito vezes. A última conquista, na categoria meio pesado, foi em 2022, a primeira em 2012, na categoria peso leve.

Nas redes sociais, ele narra os dois títulos como “as duas conquistas mais importante da carreira”.

Lo iria disputar nos EUA mais um campeonato nos próximos dias, com outros quatro lutadores, segundo um amigo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS