Brega: não menospreze algo que toca tão fundo em tantas pessoas

Observação sobre o documentário "Vou rifar meu coração"

Foto: Montagem pensarpiauíCantores bregas
Cantores bregas

Postagem do professor Luis Felipe Miguel em seu facebook  

Regina não tinha assistido ainda a "Vou rifar meu coração", o documentário de Ana Rieper sobre a música brega e seu público.

Com a morte trágica de Marília Mendonça, decidiu ver. E eu revi com ela.

Revendo, voltei a me incomodar - como tinha me incomodado da primeira vez - com o espaço dado para Lindomar Castilho justificar seu feminicídio, ainda que sem tocar diretamente no tema. Revoltante.

Uma pena, porque de resto é um belo mergulho no Brasil popular, perfeito para abalar o elitismo esnobe de tanta gente.

Ninguém precisa gostar. Mas com que direito se pode menosprezar uma expressão artística que toca tão fundo em tantas pessoas?