Pensar Piauí

Bolsonaro é internado três dias após confessar plano golpista

Costumeiramente, ele vai ao hospital após ter o nome envolvido em novas polêmicas.

Foto: ReproduçãoJair Bolsonaro
Jair Bolsonaro

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi internado nesta quarta-feira (28) no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para realizar três exames laboratoriais e de imagem de rotina.

A internação acontece três dias após a manifestação na Avenida Paulista, no último domingo (25), em que o ex-presidente confessou a existência de uma minuta de golpe de Estado.

“O que é golpe? É tanque na rua, é arma, conspiração. Nada disso foi feito no Brasil”, disse Bolsonaro. “Agora o golpe é porque tem uma minuta do decreto de estado de defesa. Golpe usando a Constituição? Tenham santa paciência!”.

Veja o vídeo:


De acordo com o ex-secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, as equipes médicas constataram que as condições clínicas do ex-presidente são estáveis e ele será reavaliado novamente em três meses. Os exames foram acompanhados pelo médico pessoal de Bolsonaro, Antônio Macedo, e pelo cardiologista Leandro Echenique.

Desde o atentado que sofreu em 2018, Bolsonaro passa por este check-up anualmente, sendo essa sua décima-segunda internação. Costumeiramente, ele vai ao hospital após ter o nome envolvido em novas polêmicas.

No ano passado, foi hospitalizado três vezes em setembro, quando realizou uma cirurgia para tratar quadros de suboclusão intestinal e refluxo gástrico esofágico, logo após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o declarar inelegível por oito anos.

Em janeiro de 2023, durante sua fuga aos Estados Unidos, Bolsonaro ficou internado em Orlando, na Flórida. Na ocasião, haviam acabado de surgir as primeiras denúncias contra o ex-presidente após os atos golpistas do 8 de janeiro.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS