Alepi aprova projeto de lei que classifica surdez unilateral como deficiência auditiva

Themístocles Filho (MDB) é o autor do Projeto de Lei

Foto: ReproduçãoSurdez unilateral
Surdez unilateral

A Assembleia Legislativa aprovou, durante a sessão plenária de quarta-feira (21/09) o Projeto de Lei que classifica a surdez unilateral como deficiência auditiva no Piauí. Também aprovou o nome de Osório Barbosa Teixeira Neto para compor o conselho Estadual de Educação. As matérias seguirão para sanção governamental.

Antes da votação, aconteceu uma reunião conjunta das comissões técnicas da Alepi, também no Plenário, onde as matérias foram aprovadas. As comissões de Constituição e Justiça (CCJ), de Fiscalização e Controle, Finanças e de Educação, Saúde e Cultura se reuniram conjuntamente.

Em plenário, o Projeto de Lei que classifica a surdez unilateral como deficiência auditiva no Estado do Piauí, de autoria do presidente Themístocles Filho (MDB), foi aprovado por unanimidade

Já o Projeto de Decreto Legislativo da Mesa Diretora que dispõe sobre a aprovação do nome de Osório Barbosa Teixeira Neto para compor o Conselho Estadual de Educação foi aprovado na CCJ com abstenção do deputado Marden Menezes (PP) e, em Plenário, com 19 votos favoráveis, duas abstenções e um voto contrário.

Com informações da Alepi

ÚLTIMAS NOTÍCIAS