A reação macabra de “amigos” ao verem jovem cair do 5° andar no DF

Ísis Tabosa Araújo tinha só 21 anos, parecia confusa, estava com namorado e despencou do prédio vestindo apenas roupa íntima

Foto: FórumÍsis Tabosa Araújo
Ísis Tabosa Araújo

 

Fórum - Ísis Tabosa Araújo estava com o namorado e alguns “amigos”, na madrugada de segunda-feira (2), num apartamento do 5° andar de um edifício de Águas Claras, no Distrito Federal. Ela tinha apenas 21 anos e, até o que se sabe, uma espécie de festa ocorria no imóvel.

Vizinhos disseram à Polícia Civil que, em determinado momento, Ísis, trajando apenas uma camiseta curta e roupa íntima, foi para a sacada do apartamento, passou para uma sacada da unidade habitacional ao lado, pulando a mureta e a barra de proteção, e que depois voltou para o mesmo balcão do imóvel em que estava. Ela parecia confusa, sentou-se no mecanismo de metal instalado para evitar quedas, mas acabou caindo.

Seu corpo fez um estrondo ao bater contra o solo após uma queda livre de quase 20 metros. De todos que estavam acompanhando a jovem no apartamento, apenas dois foram à sacada olhar seu corpo estatelado lá embaixo. Um deles até teve uma reação de desespero, mas o outro o colocou de volta para dentro do ambiente. Lá eles seguiram com a festa, sem fazer absolutamente nada, enquanto Ísis seguia gravemente ferida no térreo, deitada no chão, sobre uma poça de sangue.

Vizinhos que testemunharam a morte correram então para chamar socorro. Uma ambulância do Resgate, do Corpo de Bombeiros, foi até o local, assim como policiais militares para registrar a ocorrência. Ísis não resistiu e morreu ali mesmo, sequer foi possível levá-la com vida ao hospital.

Os investigadores da 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga, unidade que ficou encarregada do inquérito, descartaram totalmente a hipótese de suicídio e já recolheram vídeos do edifício para tentar entender o que de fato ocorreu para que a jovem despencasse da varanda. Eles também querem saber por qual razão o namorado dela e os “amigos” que participavam da festa não desceram para tentar fazer algo pela vítima, seguindo dentro do imóvel.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS