Advogado

Luzinaldo Soares

Advogado

Os exterminadores do futuro

Foto: Google ImagensExterminadores
Exterminadores


Ontem, assistindo a um programa de TV, vi a forma covarde e abusiva como a política militar de São Paulo atacou um grupo de jovens que brincava em um baile Funk em Paraisópolis.

Não tenho como não derramar lágrimas vendo as cenas. Jovens, praticamente crianças, de 14, 15, 16 anos, são acossados em um corredor de forma violenta, brutal, covarde, o que termina por levar nove deles à morte. É aterrador e chocante! Me solidarizo profundamente com as famílias dessas crianças que foram mortas pela PM de João Dória - governador de São Paulo.

Mas é preciso ver que aquilo não é um fato isolado. Dória, em São Paulo; Witzel, no Rio de Janeiro; e o Presidente Bolsonaro, tem um projeto em comum: de extermínio das populações pobres que vivem na periferia de São Paulo e de outras cidades pelo Brasil. Pessoas pobres e pretas não tem vez nos governos desses homens, que se utilizam de toda força do Estado para massacrar populações carentes, sob o falso pretexto de que estão atuando contra a criminalidade e combatendo a “violência”.

É o Estado, no entanto, que atua como criminoso. É o Estado que pratica a violência. Sem dó nem piedade. E quem paga o pato? O povo pobre, os pretos, a população que mora na periferia, que tem que sofrer a violência dos verdadeiros criminosos e a da Polícia. Ou você já viu a Polícia entrar com tamanha brutalidade em festas de ricos? Não, meus caros, há um projeto em curso, e esse projeto é fascista, e visa acabar com a pobreza eliminando fisicamente os pobres. É preciso resistir, por mais que estejamos ainda chocados com a brutalidade desses exterminadores do futuro de muitos jovens e crianças deste País injusto.

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do pensarpiaui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS