Foto Portal O Dia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, passou hoje pelo Piauí.

O governador Wellington Dias o recebeu em reunião, com 8 dos 10 deputados federais do Estado.

Rodrigo Maia percorre o Brasil buscando votos pela reeleição à presidência da Câmara.

Ele é deputado federal (DEM) pelo Rio de Janeiro.

Nas planilhas da Odebrecht era (ou é) conhecido como “Botafogo”.

Na assembleia de bandidos reunida para a cassação de Dilma Rousseff votou “SIM”.

Quando candidatou-se a presidente da Câmara pela primeira vez, alguns deputados do PT insinuaram um apoio pela migalha de alguns cargos na mesa diretora da casa. Houve forte reação das bases petistas e um recuo dos deputados que queriam ser mais realistas que o Rei.

O PSL – partido de Bolsonaro – já declarou apoio a Rodrigo Maia.

Mas eleição de câmaras legislativas guardam sempre caixinhas de surpresas.

O novato Kim Kataguiri, eleito deputado federal também pelo DEM só que de São Paulo anuncia que também será candidato a presidente daquela casa.

Espera-se que a esquerda saia unificada com um nome. Marcelo Freixo (PSOL) e Alessandro Molon  (PSB) são os mais citados até o momento.

Como governador que enfrentará períodos difíceis pela frente, Wellington Dias tinha mesmo que receber o candidato e “fazer as honras da casa”.

Mas o que esperar da bancada piauiense?

Dos dois deputados federais eleitos pelo PT (Rejane Dias e Assis Carvalho) que votem conforme a bancada oposicionista de esquerda decidir em Brasília. Quem votem em Freixo, Molon ou noutro nome de consenso na esquerda.

Expectativa com relação ao deputado Flávio Nogueira (PDT). Afinal, alguém tem dúvidas qual seria o posicionamento de Leonel Brizola frente a um quadro como este?

Bem, dos demais deputados do Piauí é esperar para ver. Quem sabe a deputada Margarete Coelho não precise dizer: “exclusivamente por orientação partidária, mas com um sentimento de tristeza, meu voto é Maia”.

O capitão Fábio Abreu derreteu-se em elogios hoje ao candidato Maia. Será que não botou o carro diante dos bois?

Nada a esperar dos demais

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here