Por Luzinaldo Soares, advogado

É preciso compreender quem é o Jair Bolsonaro.

Bolsonaro é um “Dom Quixote” sem boas intenções. É um simplório.

Mas ele tem uma causa. A causa dele é um espantalho: derrotar a esquerda e o “comunismo”. Ele acha que o comunismo ainda existe e consiste em uma grande conspiração internacional para dominar o mundo. No melhor estilo 007. Bolsonaro vive ainda nos anos 60, na guerra fria. Ele não tá preocupado com desemprego, nem com a pobreza. Nem com desenvolvimento do país. Nem com os idosos. Nem com as crianças. Bolsonaro só quer vencer uma guerra fantasiosa contra a esquerda. O comunismo é o seu moinho de vento.

Ele não tá preocupado em governar. Para ele defender o negro, a mulher, gays, e o pobre, é coisa de comunista. Ele não tá preocupado com a fome ou com a saúde do povo brasileiro, e sim em derrotar os soviéticos. Ele não tem sensibilidade alguma. Ele é incapaz de perceber a beleza de uma obra de arte. De uma ouvir e curtir uma boa música. Ou mesmo de perceber a beleza de uma mulher. Sexo, provavelmente deve fazer em estilo animalesco. Deve gozar rapidinho, sem pensar no prazer da parceira. É incapaz de amar.

Bolsonaro vive em função do ódio. O ódio a uma esquerda e a um comunismo que não existe mais. Parece que tem como meta mostrar que foi injustiçado quando foi expulso do exército, e que quer provar que é melhor que qualquer militar que ficou nas forças armadas. Ele não é louco. Só é um idealista ao contrário, sem noção do mundo em que vive e sem qualquer empatia pelo ser humano.

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here