Guilherme Boulos (PSOL), candidato a presidente da República em 2018, esteve em Teresina quarta-feira. Na ocasião falou ao pensarpiaui.

 

Na entrevista Boulos traçou um quadro do Brasil que viu em 2018, como candidato,  e do Brasil que esta vendo agora, com suas andanças por diversos estados.

 

Disse que o presidente Jair Bolsonaro representa a política mais atrasada que o pais já viu. “É a política da bala, da morte”. Exatamente por isso sua imagem esta desmoronando rapidamente e ele vê o vice-presidente do Brasil, general Mourão como candidatíssimo a presidente.

 

Sobre a proposta de reforma da Previdência, Boulos disse que reforma-la não é necessário, afirmou ser preciso enfrentar o sistema bancário brasileiro. Em sua visão o verdadeiro ralo por onde some os recursos das políticas públicas.  Ele deu um exemplo: “o Santander mundial é sustentado pelo Santander do Brasil”.

 

Boulos falou ainda sobre outros temas. Confira a entrevista:

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here