Segundo o dicionário VAGABUNDO é quem é ocioso e não trabalha nem estuda; cafumango, desocupado, lustra, parasita, saranda, vadio.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes “…não ajudaremos os vagabundos, não podemos premiar corrupção e vagabundagem”, numa alusão às pessoas desempregadas.

OBS 1: Hoje temos 13,1 milhões de desempregados (vagabundos) no Brasil.

Segundo Fernando Henrique Cardoso, quando exercia a presidência da República em 1998, vagabundo era quem se aposentava com menos de 50 anos.

OBS 2: FHC, é aposentado desde quando completou 37 anos.

OBS 3: Bolsonaro recebe como militar da reserva desde quando tinha 33 anos.

Voltando ao Ministro da Economia. Ele também disse: “Quando lançarmos o novo sistema com encargos baixos, a antiga Previdência vai começar a desonerar a folha e também vai gerar mais empregos”

É sempre assim! Uma desculpa para tudo.

FHC se justifica que foi compulsoriamente aposentado pelo AI-5. Mas em 1979 FHC foi anistiado mas não procurou cancelar ou rever sua aposentadoria.

Bolsonaro se justifica dizendo que é lei. A transferência para a reserva é determinada pelo Estatuto dos Militares. A lei diz que o militar, “se eleito, será, no ato da diplomação, transferido para a reserva remunerada, percebendo a remuneração a que fizer jus em função do seu tempo de serviço.” Mas hoje ele recebe uma aposentadoria de capitão, que chega a R$ 9.135 mensais, 63% acima do teto do INSS que ele quer reformar.

Guedes diz que a reforma da previdência vai trazer empregos. Mas antes disseram que as privatizações desonerariam o Estado e trariam empregos, mentiram. Que a terceirização traria empregos, mentiram. Depois que a reforma trabalhista traria empregos, mentiram.

– Ei, você aí, vagabundo, fica esperto! Tem malandro te levando na lábia!

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here